A véspera de ano novo em 5 países diferentes

O Réveillon é comemorado de diferentes formas. Aqui no Brasil, muitas pessoas pulam 7 ondas à meia noite. Cada país vai adaptar a celebração a sua cultura, clima, entre outros fatores.

Neste ano, a maioria dos países não estará celebrando a véspera do ano novo. Mas, quem sabe você não se inspira e planeja uma viagem para a virada do ano que vem?

Hogmanay em Edimburgo

A véspera de Ano Novo é na verdade uma celebração de três dias na capital da Escócia - e em todo o país. Em 30 de dezembro, 8.000 foliões segurando tochas criam um "rio de fogo" que serpenteia pelas ruas da Cidade Velha, de Parliament Square a Calton Hill. Para encerrar a procissão, flautistas e tambores caminham no mesmo ritmo.

Comer uvas na Espanha

Comece bem as suas resoluções de ano novo para a saúde, graças à tradição espanhola de comer 12 uvas, uma para cada badalada da meia-noite. É mais difícil do que parece (as pessoas até praticam), mas se você for bem-sucedido, a tradição diz que terá um ano de prosperidade. O lugar para fazer isso é na Puerta del Sol em Madrid para Nochevieja (ou Réveillon).

Atirar pratos na Dinamarca

Atirar coisas contra a casa de alguém pode ser considerado azar - mas na Dinamarca, as pessoas guardam pratos e copos lascados o ano todo só para a véspera de Ano Novo. Naquela noite, eles vão à casa de amigos e familiares e os jogam contra a porta da frente. Quanto mais fragmentos você tiver à sua porta na manhã seguinte, mais popular você será.

Festejando sete, nove ou 12 vezes na Estônia

Quem gosta de comida deve ir para a Estônia para a véspera de Ano Novo - não só a capital Tallinn é excepcionalmente linda, mas a tradição da véspera de Ano Novo de comer um número sortudo de refeições é uma boa desculpa para se deliciar. E não pense que você pode se safar com uma ou duas refeições extras - os números sete, nove e 12 são considerados os mais sortudos. E como diz a tradição, comer sete, nove ou 12 vezes significa que você terá a força de tantos homens (gostaríamos de pensar que as mulheres também) no ano novo. Mas você não precisa terminar tudo em seu prato; deixar um pouco de comida deixará os espíritos ancestrais felizes.

Tocar sinos 108 vezes no Japão

No Japão, a véspera de Ano Novo (ou Omisoka) é celebrada com o toque de sinos em templos budistas. No entanto, em vez de apenas uma dúzia de vezes, acredita-se que tocar um sino 108 vezes - o número de desejos humanos e, portanto, causas de sofrimento, de acordo com a tradição budista - dissipará emoções e mentalidades negativas. Se você estiver em Tóquio, testemunhe o ritual no icônico Templo Zojoji da cidade.

http://materiais.thefools.com.br/como-incluir-o-ingles-no-dia

Postado em 30 de Dec de 2020.

Compartilhe:


Receba novidades

Continue lendo

O que é o Saint Patrick's Day?

No Saint Patrick's Day ou, em português, Dia de São Patrício se comemora o santo que é o padroeiro da Irlanda. O país, também conhecido como Ilha Esmeralda, pelas planícies e cenários verdes de tirar o fôlego, se reúne em festa.

Os festejos na Irlanda acontecem com uma parada e desfile, com alguns carros alegóricos e grupos performáticos. A parada oficial passa pelas principais ruas de Dublin e, em todas as cidades do país pubs e ruas lotam de pessoas festejando.

Um fato interessante é que na Irlanda, diferente do Brasil, não se consomem cervejas verdes. Lá, as pessoas bebem as bebidas norma...

Ler mais

Três fatos sobre a origem do Natal

Quer aprender alguns fatos interessantes sobre a origem do Natal?

Ler mais